Depois de cinco anos após sua ultima edição , o Anibahia retornou a Salvador nos dias 30 e 31 de Julho e transformou a faculdade Unijorge no paraíso geek, para o publico que foi ao evento.

Como já de costume desses tipos de evento, tivemos as salas temáticas, onde os grupos de cultura pop da cidade poderam divulgar seus trabalhos para com o publico. Conselho Jedi Bahia,Mega Hero, Just Dance BA,Matilha dentre vários outros tiveram seus espaços dentro da faculdade para visitação.E uma coisa boa! Todas as salas estavam no prédio da faculdade e estavam otimas e bem organizadas para recepção do publico! Como é bom ar condicionado em Salvador hehehe!Tivemos uma área de games, onde tivemos campeonatos de vários jogos como Naruto, Mortal Kombat entre outros.

No Palco principal no primeiro dia começou com Animiokê, onde era possível cantar as musicas de seu anime favorito, logo depois começou um bate papo com o dublador Marco Ribeiro que falou um pouco de seu trabalho durante os quase 30 anos na área.O dublador super simpático respondeu as perguntas da galera e interagiu com ela por meio de vários de seus personagens como Homem de Ferro, Woody de Toy Story, entre outros.

SAM_3679

Logo após o youtuber e apresentador Muca Muriçoca subiu ao palco e falou sobre o trabalho que realiza em eventos e claro teve umas das suas zoações que ele realiza.Depois dele subiu ao palco  o rapper Player Tauz que uni sua paixão por games e animes com musica, em um show divertido para seus fãs!

O desfile de cosplay do sábado  apresentou vários personagens bastante conhecidos, desde de super heróis, games,animes e demais. Destaque para apresentação do grupo Love Live que foi simplesmente lindo de se ver! Parabéns as meninas!

E pra encerrar o sábado o tão aguardado show em comemoração dos 30 anos de Cavaleiros do Zodiaco! Yumi Matsuzawa e Nobuo Yamada junto com Ricardo Cruz da Jam Project realizaram fizeram uma apresentação incrível! As musicas Pegasus Fantasy,Never e Chikyuugi foram cantadas em coro pelos fãs, o que deixou os cantores encantados pelos os baianos! Yumi sem duvida encantou com sua simplicidade e extrema carisma!.

 

No domingo tivemos o concurso de K-Pop com vários grupos se apresentando e os tambores do Grupo Wadô, já nos convidando para o Bon Odori que acontece no fim do mês.

Depois  foi a vez do youtuber Teddy subir ao palco. Ele realizou um bate papo onde falou um pouco do trabalho de uma forma super descontraída!

Logo após teve o show da banda local Random Sentai, velha conhecida do publico geek de Salvador. O show teve um repertorio bem variados, contendo musicas de animes e seriados super sentai dos anos 80 e 90! Nostalgia pura!

Como no dia anterior aconteceu o desfile de cosplay com mais uma leva de personagens se apresentando.

E encerrando a noite teve o esperado show de Jon Inoue. O artista foi pura simpatia e irreverência cantou musicas de vários animes, ficou de cueca no palco e ainda dançou pagode! Que figura!

 

Nossa equipe visitou toda a área. Como todos os eventos, haviam filas para os jogos,entre outras atividades, mas eram até filas bem pequenas comparadas a outros eventos visitados.Na parte de alimentação, poucas áreas de alimentação, principalmente comidas típicas japonesas. As filas estavam até razoável , mas assim como no Anipolitan só ter uma (ou duas não lembro) barraca vendendo comida japonesa em um evento que preza a cultura japonesa é algo inadmissível!

E por ultimo claro não poderia faltar o velho comercio. Houve poucas lojas em um local que poderia haver muitas.Como em outros tipos de eventos era possível encontrar camisa, espadas, mochilas, touca com orelhinha e pôsteres, porem não tinha uma loja de mangá!!!! Como ir para tentar encontrar aquela edição para sua coleção! Por Yamato nem a Comix! Falha grave!

 

Outra coisa que ficou um pouco confusa foi a falta de sinalização para as salas temáticas! Muitas salas ficaram no térreo do prédio da faculdade e por pouco não fomos conferir elas! E olhe que foi uma amiga que nos informou que havia mais coisa!

Bom o Anibahia 2016 trouxe atrações musicais de peso, algo que estava faltando a nossa humilde cidade, mas no geral chegou bem tímido! É compreensível que os realizadores tiveram pouco tempo pra organizar e divulgar o evento, mas os problemas podem ser solucionados para a próxima edição que tem tudo para ser um dos principais no calendário otaku/geek baiano!