Não é novidade alguma que há meses casos de abuso e assédio sexual estão sendo expostos em Hollywood, seja pelas vítimas rompendo o silêncio ou até mesmo os abusadores reconhecendo tais atos em notas públicas. Com base desses últimos acontecimentos, o canal americano PBS começará a exibir uma série documentário chamada #MeToo, Now What?, a partir de 2 de fevereiro.

De acordo com informações do FORTUNE, a série documental do canal PBS terá como foco traçar as origens do movimento #MeToo e analisar a maneira como o assunto tratado hoje pode afetar mudanças de atitude no futuro.

A série será dividida em cinco partes e organizada pelo autora e fundadora da Women for Women International, Zainab Salbi, que tem um propósito bem claro: levar a discussão sobre assédio sexual “para outro nível”, segundo revelou a PBS nesta terça-feira (16).

O canal revelou também que os cinco episódios terão cinco horas ao todo, e irão tratar do assunto através de uma mistura de relatórios de Salbi e conversas com convidados: ativistas, jornalistas, celebridades e pessoas de várias industrias e setores.

Ainda sobre a temática dos episódios, a PBS esclareceu que além de todo episódio abordar o assunto central que é o assédio sexual e o movimento #Metoo, existirá diversos tópicos para discutir desde a diferenças salariais de gênero até o assédio sexual sob o olhar de raça e classe.

Em seu comunicado para imprensa, o canal deixou claro um dos objetivos centrais da produção: “Como chegamos aqui e como podemos usar esse momento para efetuar mudanças positivas e duradouras?”

A chefe-executiva de programação da PBS ainda disse: “Esta série proporcionará contexto e perspectiva a partir de uma ampla gama de vozes, com o objetivo de avançar para a cura e compreensão”, apontou.