Mais um ano terminou e podemos dizer que 2016 trouxe grandes surpresas para os amantes das séries, como Stranger Things, Westworld, The OA, This Is Us. Mas o que esperar de 2017?

É claro que todo mundo está ansioso para ver o inverno finalmente chegando a Westeros em Game of Thrones, o retorno da Eleven em Stranger Things e o futuro do casal Claire e Frank Underwood em House of Cards.

Esse ano promete muitas novidades que vão de super-heroi da Marvel ao retorno de David Lynch, passando pela adaptação da obra de Neil Gaiman. Por isso, o Cinesia Geek listou as novas séries que você precisa assistir em 2017.

24 – Legacy

Sem Jack Bauer (Kiefer Sutherland), 24 Horas retorna três anos após “Live Another Day”. Nessa nova série, Corey Hawkins vive um ex-soldado perseguido por desafetos que pretendem fazer um atentado nos Estados Unidos.

Estreia em fevereiro, ainda sem data definida, na Fox.

Big Little Lies

Uma das principais apostas da HBO nesse primeiro semestre, Big Little Lies tem tudo para ser um sucesso. Dirigida por Jean-Marc Vallée (Clube de Compras Dallas), a minissérie de sete episódios reúne no elenco Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Shailene Woodley, Laura Dern, Zoe Kravitz, Alexander Skarsgård e muitos outros nomes de peso.

Baseada no livro homônimo de Liane Moriarty, a série conta a história de três mães que se aproximam quando seus filhos passam a estudar juntos no jardim de infância. Até então, elas levam vidas aparentemente perfeitas, mas os acontecimentos que se desenrolam levam as três a extremos como assassinato e subversão.

Estreia em 19 de fevereiro, às 23h, na HBO

Desventuras em Série

Uma das produções mais esperadas do ano, Desventuras em série é inspirada nos best-sellers de Daniel Handler, que já renderam o filme homônimo de 2004 estrelado por Jim Carrey.

A série traz Neil Patrick Harris como Conde Olaf, que tentará roubar herança dos órfãos Violet, Klaus e a pequena Sunny Baudelaire, de quem se tornou guardião após um incêndio ter matado os pais dos três.

Todos os oito episódios serão liberados pela Netflix na sexta-feira, 13.

Deuses Americanos

Baseada na obra de Neil Gaiman, Deuses Americanos é produzida por Bryan Fuller (“Hannibal”) e Michael Green (“Heroes”). Shadow (Ricky Whittle), ex-presidiário, vaga por um mundo onde deuses da Antiguidade retornam para confrontar os novos Deuses representados por áreas como a mídia e a tecnologia.

Estreia em abril nos EUA. Ainda sem data no Brasil

Legion

Agora é a vez do universo mutante da Marvel invadir a TV. Comandada por Noah Hawley (Fargo). Legion acompanhará David Haller (Dan Stevens), um rapaz com problemas psicológicos que se vê confrontado com a possibilidade de que suas alucinações sejam reais depois que conhece Syd Barrett (Rachel Keller), outro paciente de um hospital psiquiátrico.

Estreia em fevereiro, ainda sem data, no FX

Punho de Ferro 

Punho de Ferro é a quarta produção da parceria entre a Marvel e Netflix. A trama acompanha Daniel Rand (Finn Jones), um órfão “adotado” pelos cidadãos da mística cidade de K’un-Lun, onde aprendeu artes marciais. Scott Buck (Dexter) desenvolve o programa.

Estreia em 17 de março, na Netflix

Os Defensores

O tão esperado encontro entre Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro deve acontecer ainda em 2017. Atualmente a série está sendo gravada e não tem uma data de estreia definida.

Powerless

Protagonizada por Vanessa Hudgens, Powerless é a primeira série de comédia ambientada no universo da DC Comics. No estilo The Office, a série se passa em uma empresa de seguros dos Estados Unidos, que demonstra como é trabalhar como uma pessoa comum numa cidade onde super-herois passam os dias batalhando super-vilões.

Powerless estreia em 2 de fevereiro na NBC.

Star Trek – Discovery

Star Trek – Discovery será ambientada dez anos após o programa original e deve mexer com a nostalgia dos fãs da série. A produção fica a cargo de Bryan Fuller (Hannibal) e Alex Kurtzman (Fringe). A série não terá relação com os atuais filmes da franquia.

Star Trek – Discovery estreia em maio, na CBS. Os episódios entram na Netflix um dia depois da exibição nos EUA

Twin Peaks